Especialistas apontam 10 dicas de nutrição para quem quer emagrecer

Além de consumir mais produtos naturais e menos produtos industrializados, é preciso mudar a rotina e os hábitos para sempre

Nos últimos anos, o brasileiro está mais preocupado com o que consome e como esse alimento poderá impactar em seu bem-estar e saúde. Prova disso é o faturamento do setor de alimentos saudáveis e produtos naturais. Em 2015, esse mercado movimentou R$ 80 milhões. As previsões para 2019 são otimistas: espera-se que esse número alcance R$ 108,5 bilhões. 

Dentre os produtos naturais mais consumidos, a Folha Verde, conhecida loja do ramo, destaca o Goji Berry, o Maca Peruana, cápsulas de café verde, cápsulas de hibisco, chá verde e Whey protein. 

Goji Berry é uma planta proveniente do Tibet com fortes efeitos emagrecedores. Quando consumida regularmente, em cápsulas ou chá, também fortalece o sistema imunológico, aumenta a sensação de saciedade e diminui a compulsão por doces. 

Café verde é o grão do café antes de passar pelo processo de torra (que dá a cor escura que conhecemos). Ele é mais amargo do que o grão convencional e também possui mais cafeína. Dessa maneira, entra na lista de alimentos termogênicos, assim como o chá verde. 

Esse vem da planta Camellia sinensis, a mesma que dá origem ao chá preto e ao branco. Além de acelerar o metabolismo (por ser termogênico), também é antioxidante. O chá verde, quando combinado a uma dieta de baixa caloria, ajuda a queimar a gordura localizada, aquela mais difícil de perder. 

Já o Hibisco vem da flor Hibiscus sabdariffa. Seu sabor lembra a framboesa e ele é um potente diurético. Assim, evita o inchaço. Além disso, ele também acelera a queima de gordura e facilita a digestão. 

Apesar do nome parecer estranho, o Maca Peruana é um tubérculo que se parece com o rabanete. Vindo da Cordilheira dos Andes, é fonte de vitaminas, fibras e proteínas. Assim, ajuda na perda de peso. Para tanto, deve ser associado a uma dieta de baixa caloria. O Maca Peruana também tem efeito afrodisíaco, aumentando a libido de homens e mulheres. 

Por fim, o Whey Protein não é um produto emagrecedor, mas é o queridinho de quem quer ganhar massa muscular, pois quando associada à musculação, aumenta a hipertrofia. Trata-se de uma proteína extraída do soro do leite que pode ser concentrada, isolada (mais proteica) ou hidrolisada (de rápida absorção). Whey também tem ação antioxidante e fortalece o sistema imunológico. 

Para emagrecer ou ganhar massa muscular de forma saudável, porém, não basta consumir os produtos citados acima. É preciso ter hábitos de vida mais saudáveis. Especialistas indicam: 

1. Coma alguma coisa a cada três horas
A explicação é simples: fazer jejum faz o corpo queimar a massa muscular, ou seja, a massa magra. E, enquanto faz isso, o corpo armazena tecido gordurosa, tendo efeito contrário ao desejado. 

2. Conheça novos sabores
Seu preto precisará ser colorido para ser nutritivo. Por isso, que tal conhecer novos sabores e experimentar comidas que nunca provou antes? 

3. Coma mais frutas e vegetais
As frutas, legumes e verduras são ricas e vitaminas, fibras e até proteínas. Por isso, elas precisam estar em seu cardápio diário. Ah, as frutas adocicadas também controlam aquele desejo por açúcar! 

4. Não se esqueça de beber muita água
Durante a refeição não é muita recomendado beber água, mas de cinco a dez minutos antes de comer, sim. E, claro, durante o dia também. Dois litros de água são ideais por dia. 

5. Entrada e prato principal, sim!
Se você comer sempre uma salada como entrada, você se saciará antes de exagerar no prato principal. Para a salada, invista em folhas verdes, principalmente as verdes escuras, que são mais nutritivas. Tempere com limão, azeite, sal marinho e ervas. Nada de tempero prontos e industrializados, hein? 

6. Menos frituras, por favor!
Substitua as frituras por alimentos assados, que também ficam crocantes e são muito mais saudáveis. E, em vez de assar com óleo de soja, tempere-os após retirar do forno com azeite de oliva extravirgem. 

7. Dê adeus a alguns alimentos
Esses alimentos não devem ser consumidos diariamente: maionese, açúcar branco, álcool, creme de leite, doces e produtos industrializados. 

8. Um carboidrato por refeição é mais do que suficiente
Nada de misturar arroz, macarrão e batata na mesma refeição, hein? 

9. Grãos são sempre bem-vindos
Feijão, grão de bico, ervilha, castanhas e oleaginosas são alimentos saudáveis. 

10. Beba chás
Muitos chás agem em combate ao inchaço, como chá verde, chá preto, chá branco, chá de hibisco, entre outros.

 

18/01/2017

Fonte: Dino Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *